Igreja do Bonfim

Ah, a famosa Igreja do Bonfim!

Você já teve a oportunidade de visitar?

Já vim muitas vezes aqui e sempre adoro visitar, toda vez que vou a Salvador.



E por que? Porque ela é linda. Ela é história. Ela é tradição. Ela é cultura. Ela é colorida. Ela é Alegria. Ela é fé. Ela é tolerância. Ela é diversidade.


E a Bahia é também tudo isso! Acho que é um símbolo que representa bem esse Estado LINDO!


Vamos começar do começo:

Se estiver de carro, como eu, o que todo mundo pergunta é: onde posso estacionar?

E neste caso, devo dizer que o trânsito em volta da Igreja é sempre intenso e é bem difícil achar uma vaga gratuita pela rua.

O que eu fiz, foi estacionar em um estacionamento privado BEM de FRENTE para a Igreja. Custou R$ 10,00 e tinha banheiro, além do seu carro ficar mais seguro. Eu acho que vale super a pena!


Segurança:

É sempre importante tomar cuidado em viagens com nossos pertences. E são válidas todas aquelas dicas que nunca são demais, como usar a mochila para frente e não deixar a carteira no bolso dando sopa.

Ao redor da Igreja, especialmente na praça que ela se situa, tem MUITAS PESSOAS querendo te vender DE TUDO! Desde as famosas fitinhas de Senhor do Bonfim (para quem deseja fazer pedidos, amarrar na Igreja ou levar de lembrança) a bijouterias. Há também uns baianos querendo te dar um "axé".


Não há nada de errado em querer comprar lembrancinhas dos ambulantes, mas como é um local muito visado, muito cheio e com muitos turistas, eu daria algumas dicas, para não acabar sendo furtado ou "enrolado":


1. Leve dinheiro trocado. Evite levar notas altas para comprar as lembrancinhas de ambulantes.

2. Deixe um dinheiro trocado acessível para suas compras separado, mas guarde bem a carteira. Evite abrir a carteira na frente das pessoas na rua. Ainda que o próprio ambulante não vá te assaltar, podem existir olheiros e oportunistas vendo quanto você tem na carteira e onde você está guardando ela para te seguir e realizar um furto posterior.

3. Pergunte o preço antes. Muitos vendedores lá tem uma mania de ir botando os itens em você (colares, pulseiras, etc) e depois forçar a barra para você comprar, pedindo um valor alto.

4. Vá de forma simples. Salvador é uma cidade grande e tem seus perigos, como qualquer outra grande cidade no Brasil: evite ficar mostrando objetos de luxo ou jóias.

5. Evite andar por lugares isolados, especialmente se estiver sozinho. Algumas pessoas, para não pagar estacionamento, por exemplo, se afastam do local turístico para estacionar e andam por ruas vazias e distantes. É mais vantajoso pagar um estacionamento perto e não correr o risco.

Com um ambulante para lá de Simpático!

Fitinha do Senhor do Bonfim:

Caso você ainda não conheça, reza a lenda, que ao amarrar a fitinha do Bonfim no seu pulso, você pode fazer 3 desejos (um para cada nó dado).

Você não deve cortar ou tirar a fitinha, deixando-a se desgastar e romper com o tempo, o que, segundo a crença, quer dizer que seus desejos foram realizados!


A Igreja é TODA colorida por conta das fitinhas que os fiés amarram em sua grade. Além dos pulsos, muitos visitantes amarram a fitinha lá, em sinal de devoção e da visita!



E você? Já visitou a Igreja do Bonfim?

Camila Almeida

Psicóloga e Viajante

Planejando a próxima trip?

Seguro Viagem: SEGUROS PROMO 

Chip Internacional: BRASIL ROAMING

12924477_1124827844234374_77690089485757