Praça da Cidade Velha

Diversos eventos importantes da história tcheca aconteceram nesta praça!



Um dos mais trágicos é lembrado com um memorial situado na frente da prefeitura: depois da derrota das tropas tchecas na batalha da Montanha Branca, 24 chefes da rebelião foram decapitados neste lugar em 12 de junho de 1621, condenando por muito tempo qualquer tentativa de independência do poder dos Habsburgos.

Jan Hus está visíve na escultura no meio da praçal: o reformista tcheco foi queimado por heresia em 1415, sendo mais tarde considerado como um símbolo da independência nacional. A escultura feita por Ladislav Šaloun (1915), mostra Jan Hus disposto contra todas as injustiças e como anunciador de novos tempos.

Além de abrigar construções importantes, a praça é ponto turístico imperdível, estando rodeada de restaurantes, bares, lojas de souvenir.

Nessa praça também temos dois ícones super interessantes: A Igreja de Nossa Senhora de Tyn e o Orloj, relógio Astronômico.



Orloj é um relógio astronômico medieval. Reza a lenda que o Mestre-Relojoeiro foi cegado depois de construir, para que nunca mais pudesse construir outro igual. O Orloj é composto de três componentes principais: o mostrador astronômico, representando a posição do Sol e da Lua no céu, além de detalhes celestes; a "Caminhada dos Apostolos", um show mecânico representado a cada troca de hora com as figuras dos apóstolos e outras esculturas em movimento; e um mostrador-calendário com medalhões mostrando os meses. UAU! Incrível, né?

Já a Igreja de Nossa Senhora de Tyn, que é também conhecida como a Catedral dos Burgueses, é uma igreja em estilo gótico, construída na segunda metade do século XIV. Suas torres chegam a 80 metros! Linda também!


A Praça da Cidade Velha é definitivamente imperdível!

Camila Almeida

Psicóloga e Viajante

Planejando a próxima trip?

Seguro Viagem: SEGUROS PROMO 

Chip Internacional: BRASIL ROAMING

12924477_1124827844234374_77690089485757